Pinturas Rupestres da Tribo Tamoquins

imagemdestaque_data,0,1eb9abe5-1973-49d4-9e76-f665f40980ae.jpg

Os habitantes do lugar ainda guardam histórias e rituais típicos da época.

A 27 quilômetros de Sobradinho, em São Gonçalo da Serra, num lugar de fácil acesso, estão as pinturas rupestres deixadas pela Tribo Tamoquins. Os habitantes do lugar ainda guardam histórias e rituais típicos da época destes primeiros moradores. Os habitantes tentam manter sólida a tradição do lugar. Enquanto os descendentes dos Tamoquins dançam o “Toré”, os descendentes dos portugueses fazem a dança de São Gonçalo, como forma de reviver os costumes d’além mar, passando para as novas gerações, toda a história de seus antepassados. Mais adiante existe uma região chamada “Corrente”, considerada pelos nativos um lugar sagrado, e com muitos mistérios, que somente os mais velhos pajés conheciam. Os moradores falam de um tesouro escondido pelos caciques Tamoquins, e há quem garanta que este tesouro ainda está no local.

Outras Opções

Bahia.com.br
Copyleft 2019