Paulo Afonso

Localizada no sertão baiano, a 460 km da capital, a cidade de Paulo Afonso fica situada à margem do São Francisco, fazendo divisa com os estados de Pernambuco, Alagoas e Sergipe. O município é privilegiado pela natureza, que premiou a região com belas paisagens e muita água. Um dos grandes atrativos da cidade de Paulo Afonso tem como potencial de beleza as formações rochosas do cânion do rio São Francisco, o Velho Chico – considerado o maior cânion navegável do mundo.

A região é de clima semi-árido, com a vegetação da caatinga por quase toda a área. Os cânions compõem um cenário de belezas que invadem o sertão, com os paredões rochosos que serram as águas do velho Chico, formando um vale cuja profundidade varia entre 30 e 170 metros e encostas que parecem ser esculpidas a mão, repleta de detalhes.

Além das maravilhas naturais, o município conta com roteiros turísticos diversos, como o maior complexo de usinas hidroelétricas subterrâneas do mundo, administrado pela CHESF, parque que possui águas e lindas cachoeiras que, além de energia, geram cultura, folclore, lendas que correm por trilhas e cavernas que são importantes para a atividade turística.

O que não falta em Paulo Afonso é lugar bonito para visitar. Tem a Serra do Umbuzeiro, a 20 km do centro, um lugar perfeito para um passeio que proporciona contato com a natureza e a vegetação típica do semi-árido. No ponto mais alto, o cruzeiro, de 536 metros de altura, é possível ter uma linda visão da cidade em 360º.

Tem ainda a reserva ecológica e indígena do Raso da Catarina, região onde a vegetação se perde na imensidão, considerada uma das reservas mais antigas do mundo. Foi lá também onde o cangaceiro Virgulino teria se refugiado com seu grupo depois de esconder armas e tesouros.

Para quem curte um passeio mais tranqüilo e voltado para a história da cidade, não pode deixar de conhecer casa onde nasceu Maria Gomes de Oliveira, a Maria Bonita de Lampião. A casa virou um museu e tem toda sua estrutura arquitetônica da época mantida. Fica no povoado Malhada da Caiçara, zona rural do município, e faz parte do Roteiro Cânion e Cangaço.

Esse é um daqueles lugares do Brasil que muitos ouvem falar e possui um potencial para ser explorado ainda mais, para encontrar historias e lendas de personagens famosos da região, além do velho Chico, centro de riquezas construídas pela natureza e pelo homem.