Utinga

A descoberta do fertilíssimo Vale do Rio Utinga, em 1551, com as missões catequéticas dos jesuítas deu inicio ao povoamento da região com o aparecimento das primeiras fazendas de criação. Mais tarde, com o fulgor das minas de diamante de Lençóis e Estiva, descobertas em 1840, surgiu um arraial de casinhas às margens do Rio Mocambo, que foi chamado de Palha e que servia de pouso aos viajantes que iam para as Lavras Diamantinas ou de lá voltavam. O povoado de Palha veio a servir de reduto de malfeitores e, em 1905, acabou incendiado pelas forças do Estado.

Com a sua reconstrução, nasceu o Arraial de Bela Vista de Utinga, que em 1917 foi elevado à categoria de Vila e criado o Distrito deste mesmo nome. É uma fase de grande crescimento com mais de cem engenhos de cana produzindo açúcar, rapadura e cachaça, além da grande produção de feijão, milho, arroz, mandioca, fumo, batata e outros.  Em 1943, sua denominação passou a ser simplesmente Utinga.

Entre os seus pontos turísticos, destacam-se a Serra, na Estrada da Cabeceira do Rio, que é de uma beleza exuberante com um orquidário natural. Vale a pena visitar o Balneário do Argemiro, um local privado banhado pelo rio Riachão, que oferece lazer e diversão com shows ao vivo, quadra de esportes, chuveirão e uma piscina natural.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Gastronomia
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar
Bahia.com.br
Copyleft 2019