Taperoá

tape.jpg

Às margens do canal de Salgado, que separa o continente do Arquipélago de Tinharé, a pequena cidade de Taperoá abarca grandes reservas florestais, palco de madeiras nobres como maçaranduba, sucupira, vinhático, putumuju e louro.
 
Sua origem data de 1561, como fruto da aldeia indígena São Miguel de Taperoguá, fundada pelos jesuítas no alto de uma colina. A arquitetura local preserva uma bela praça com prédios históricos. Destaque para a secular Igreja de São Brás, datada do séc. XVII. Situada no ponto mais alto de Taperoá, do adro da igreja a paisagem se abre em sua plenitude, com uma vista privilegiada de toda a cidade e do braço do mar com a bela ilha de Cairu ao fundo.

Forte produtora de dendê, a cidade abriga uma fábrica de beneficiamento do produto e um píer de atracação no Canal de Taperoá, onde, no passado, partia o vapor para Salvador. Hoje, a chamada Ponte Nova tem capacidade para receber escunas, saveiros e veleiros de calado de maior porte, e serve como ponto de apoio dos pescadores e porto de desembarque da produção agrícola das ilhas. Se desejar desbravar as belezas naturais da região, basta fretar um barco para Cairu ou Boipeba.


Atrações

Outras Informações

  • Características
  • Artesanato
  • Gastronomia
  • Manifestações Culturais
  • Telefones Úteis
  • Como Chegar
Bahia.com.br
Copyleft 2019