Canudos

Um dos principais ícones do turismo histórico-cultural da Bahia, a cidade de Canudos, localizado no nordeste do Estado, guarda a história do maior conflito brasileiro do período republicano,a Guerra de Canudos.

Para saber mais sobre a guerra, turistas contam com o Parque Estadual de Canudos. O principal cenário da guerra guarda um roteiro de cinco quilômetros,com passagem por pontos estratégicos das batalhas do século XIX. No ponto mais alto do parque, tem lugar um marco pela Guerra de Canudos, onde está fincado um grande cruzeiro.

Outro ponto obrigatório para quem vai a Canudos é o Memorial Antônio Conselheiro, que fornece aos visitantes interessantes informações sobre a guerra. Lá estão expostas imagens e objetos achados por pesquisadores no Parque Estadual como munições, projéteis e fragmentos de granadas, dentre outros objetos da época, além de vestígios de ocupação pré-história na região de Canudos. Outras relíquias da guerra também são encontradas no pequeno Museu Histórico de Canudos.

Turistas podem desfrutar ainda do Mirante do Conselheiro e do pequeno balneário do açude Cocorobó, cujas águas encobrem as ruínas da extinta comunidade fundada pelo Conselheiro, em pleno sertão baiano.

Algumas edificações religiosas também compõem os atrativos da cidade, mas o destaque é a Igreja Matriz. O templo guarda uma imagem de Santo Antônio, datada do século XIX, possivelmente com origem na comunidade de Belo Monte – antiga Canudos.