Nossas costas

1020101001praiadoespelhotrancosofotojoaoramosbahiatursa.jpg

Com praias para todos os estilos e gostos, da Costa do Coqueiro ao Descobrimento, belezas naturais para os amantes de sol e mar. A Costa dos Coqueiros é uma das zonas do litoral Norte onde se localiza a Praia do Forte, conhecida mundialmente pela preservação das tartarugas marinhas. Nessa zona também fica a Costa do Sauípe, complexo turístico e hoteleiro, com seis pousadas e cinco hotéis de alto luxo, que oferece campo de golfe, atividades esportivas e náuticas, além de salões para convenções.

A Baía de Todos os Santos é a zona turística mais diversificada. É nela que está localizada Salvador, a capital da Bahia, com seu  patrimônio histórico e mergulhos em sítios arqueológicos, lindas praias que vão da Ribeira ao Flamengo. E o Recôncavo Baiano com a história em cada esquina de Cachoeira, São Félix e outras cidades. Há também Maragojipe, Santo Amaro, a Ilha de Itaparica e muitas outras pequenas ilhas, sendo as mais conhecidas a dos Frades e a de Maré.

Na Costa do Dendê estão Morro de São Paulo, Boipeba e Barra Grande. Destinos perfeitos para quem procura um contato com a natureza exuberante, de praias cristalinas e mar calmo. Na Costa do Cacau estão Ilhéus, Itacaré e Una. Em Itacaré, a natureza foi generosa. São praias paradisíacas, mundialmente conhecidas como picos perfeitos para a prática do surfe. Em Una, a Ilha de Comandatuba, com uma infra-estrutura hoteleira de primeira linha, é referência do turismo de alto padrão nas Américas.

Na Costa do Descobrimento, Porto Seguro (onde o Brasil foi descoberto), Arraial d’Ájuda, Trancoso, Santa Cruz Cabrália e Caraíva convidam o visitante a novas e belas descobertas. Além de toda a riqueza histórica da região, o turista se depara com uma infra-estrutura de hospedagem e entretenimento. É também nesta região que estão algumas as maiores reservas indígenas baianas.

Na Costa das Baleias, o Arquipélago de Abrolhos, reduto escolhido pelas baleias Jubarte para a procriação, é um santuário ecológico. O Parque Nacional Marinho abriga uma infinidade de espécies, animais e vegetais. O mar é de águas calmas e transparentes. O ponto alto da temporada para ver as baleias vai de julho a setembro, com embarcações saindo de Prado e Caravelas, cidades localizadas no extremo-sul baiano.

 

 

Bahia.com.br
Copyleft 2019