Esporte e Aventura no Oeste Baiano

Rafting:
Agraciada com dois belos rios, o das Ondas e o das Fêmeas, a região oeste se tornou um grande pólo estadual no quesito corredeiras/esportes de aventura. Os rios apresentam traçados ideais, tanto para a prática do rafting, quanto para o bóia-cross, uma variante do primeiro, porém sem o mesmo grau de dificuldade. Palco de um dos maiores eventos esportivos realizados em águas do interior da Bahia, o Rio das Ondas recebe visitantes de várias partes do Brasil, para a festa do bóia-cross. Nesta competição, os aventureiros lançam-se nas ondas numa espécie de “canoagem cabocla”, disputada com câmaras de ar de caminhões e tratores. Este jeito inusitado de competir causa histeria entre os torcedores e cativa, a cada ano, um número maior de adeptos. Se o objetivo, no entanto, for o radicalismo do rafting, o Rio das Fêmeas, no município de São Desidério, é o melhor destino. Apresentando desafios de nível III, o rio proporcionará ao aventureiro um dos melhores raftings do estado. No município de Barreiras, cidade mais importante da região, a outra boa opção para uma descida radical está também do Rio das Ondas. A Ponta do Vau, situada à 30 km da cidade, é considerada o ponto com as corredeiras mais fortes do rio.

Caving e Rapel:
Localizado entre os municípios de Catolândia e São Desidério, próximos a Barreiras, um conjunto rochoso, com um extenso complexo de grutas, tornou-se uma das áreas mais procuradas para a prática do rapel e do caving em toda a Bahia. As grutas do Buraco do Inferno e do Sumidouro, por oferecerem bons obstáculos, estão entre as mais visitadas para os esportes. Já os menos ousados e iniciantes acabam optando pelo Paredão Deus Me Livre, um desafio considerado mais fácil, com cerca de 40 metros de altura. Na mesma região, no entanto, há uma atração ainda mais procurada, tanto pelo acentuado grau de dificuldade, quanto pelas variações que seu roteiro oferece. Para chegar até a Gruta do Catão, o aventureiro terá que primeiro vencer uma trilha de quase 100 metros, dificultada pelo terreno íngreme e pedregoso, mesclado a uma vegetação bastante densa. Dentro da gruta, o caving será inesquecível, exigindo grande esforço mas oferecendo uma beleza ímpar como recompensa. Além de ser também excelente para o rapel, é através desta gruta que se pode chegar a um dos mais belos cartões postais da região oeste, a Lagoa Azul. Neste complexo de cavernas ainda há um sítio arqueológico com pinturas rupestres, um lago com um tipo de areia movediça e outras grutas menores, como a do Sítio Grande.

 

Bahia.com.br
Copyleft 2019